Chris

Share your story

1996 Brazil

Eu tinha 16 anos, e ele era meu primeiro namorado. Nunca tive muita liberdade de diálogo em casa, meus pais sempre tiveram vergonha em falar sobre sexo, e eu também tive medo deles proibirem meu namoro se soubesses que eu estava pensando no assunto. Então acabei iniciando minha vida sexual sem muito respaldo. Fazíamos o método da tabelinha e coito interrompido...o que todos sabem que não funciona como método contraceptivo. Após 4 meses, engravidei. Senti muitos enjoos e um medo absurdo de ter colocado minha vida "fora". Meu namorado, na época com 19 anos, conseguiu dinheiro e fomos a um ginecologista, que confirmou a gravidez e me mandou ao shopping comprar sapatinhos. Eu só chorava. Não conseguia me imaginar mãe, tinha medo da reação dos meus pais, não queria casar (meu namorado achou que casar seria a solução, mas eu nem gostava dele tanto assim), estava no meio do ano letivo, e tinha medo da reação que as pessoas teriam...tinha medo dos olhares, dos comentários, do preconceito que sofreria, do julgamento alheio. Passaram quase 3 meses e minha mãe, claro, notou que algo estava errado e abri o jogo. Em 3 dias meus pais encontraram a clínica, conseguiram o dinheiro e eu fui. A clínica ficava em uma casa totalmente acima de qualquer suspeita. Entramos, fiz um exame de toque, uma ecografia, e marcaram para o dia seguinte. Foi rápido. Lembro de acordar aliviada e envergonhada. Mas não vejo outra saída. Hoje, se engravidasse novamente, teria a criança, mas aos 16 anos, não via outra solução além do aborto. Me culpo, sim. Penso nisso até hoje, e acredito que não vá esquecer nunca. Peço perdão pela minha fraqueza e também pela coragem de passar por isso tão nova. Arrependimento, não tenho.

Did the illegality of your abortion affect your feelings?

Não

How did other people react to your abortion?

Apoiaram

Marcela

Es más una historia de amor, que de un aborto pero posiblemente en algo te…

Andy

Decidí sobre mi futuro.

Luka

Hice lo mejor que pude, estando bajo toda la presión del mundo.

P

...Lo quería pero no podía

Marina

Nie będę opisywała o tym jak to się stało, że się dowiedziałam, każdy ma na to…

Annelise

A maternidade como função obrigatória não é maternidade. Não é linda. Ser mãe…

Chinchulina

I come from a country where abortion is legal but due to my personal…

Aisling

Minor blip overcome thanks to Women on Web

Ths SOUZA

Bom , inicialmente eu e meu namorado que é americano mantemos uma relação a…

Lora Fleming

I had 3 abortions and as a medical student, I helped preform several abortions…

Fran

YO DECIDÍ

Sharon

I don't regret my abortion.

Issy

Tome una decision

Mary

I can now carry on with life.

Freedom77

I was lucky enough to be able to have an NHS surgical termination at 8 weeks.

Manuella Silva

Grávida aos 18.


Olá. Vim contar pra voces minha experiencia com aborto.
Eu ficava…

Na

Pois tenho direito de escolher o que é melhor pra mim! O importante é não se…

Naad

I had an abortion when I was 23 years old

Liz Hoffman

Passando pra deixar meu relato, pois sei que vai ajudar muitas mulheres que…